Morre padre Fernando Bastos de Ávila, membro da ABL

Academia decretou luto de três dias por morte de ex-reitor da PUC do Rio, vítima de câncer aos 92 anos

AE |

selo

O ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), padre Fernando Bastos de Ávila, morreu neste sábado, aos 92 anos, devido a um câncer, em Belo Horizonte. O presidente da ABL, Marcos Vinicios Vilaça, decretou luto de três dias na academia e que a bandeira da instituição seja hasteada a meio mastro.

Carioca, nascido no bairro de Copacabana, o padre foi o criador, na PUC-Rio, da Escola de Sociologia, Política e Economia, em 1955. Em 1964, foi nomeado vice-reitor da PUC e exerceu a profissão do magistério até os dias de hoje. Em 1990, foi nomeado pelo papa João Paulo II membro da Comissão Pontifícia de Justiça e Paz. Em 14 de agosto de 1997 ingressou na ABL, ocupando a Cadeira nº 15.

Segundo a ABL, o padre tem quinze livros publicados, além de diversos ensaios, artigos e conferências, que pode ser classificada em sociologia teórica, problemas brasileiros, história e doutrina social da Igreja.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG