Morre o músico argentino Sixto Palavecino, embaixador da cultura indígena

BUENOS AIRES ¿ O violinista e compositor argentino Sixto Palavecino, um dos maiores difusores da cultura indígena, morreu hoje aos 94 anos no norte da Argentina por causa de problemas cardíacos agravados por uma forte pneumonia.

EFE |

Palavecino estava internado no Instituto de Cardiologia de Santiago del Estero, sua província natal, informaram pessoas próximas ao artista.

O músico traduziu canções, poemas, livros e até o Hino Nacional Argentino do espanhol para o quíchua, além de fazer várias composições bilíngues.

O artista padecia da Doença de Chagas há anos, o que tinha lhe causado problemas cardíacos e pulmonares.

    Leia tudo sobre: argentina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG