Morre o diretor e produtor francês Claude Berri

O cineasta e produtor francês Claude Berri faleceu nesta segunda-feira, em Paris, aos 74 anos de idade, vítima de um acidente vascular cerebral.

AFP |

"Claude Berri nos deixou esta manhã", informou a agência de divulgação Moteur! em comunicado.

Na véspera, o hospital de la Salpétrière havia anunciado a admissão do cineasta no serviço de urgência, informando sobre a gravidade de seu estado neurológico.

Internado na UTI, Claude Berri, de 74 anos de idade, "sofre de um hematoma intracraniano e está em estado neurológico muito grave", anunciou o hospital.

O cineasta produziu, entre outros filmes, "Tess" de Roman Polanski, "Astérix" e "A rainha Margot", de Patrice Chéreau, e divulgou sua história em um "Auto-retrato" publicado em 2003.

Berri produziu também filmes de Eric Rohmer, Maurice Pialat, André Téchiné, Patrick Chéreau, Jean-Jacques Annaud, Claude Zidi, Alain Chabat, Costa-Gavras...

Claude Berri foi presidente da Cinemateca Francesa de setembro de 2003 a junho de 2007.

Célebre figura da 7ª Arte na França, Claude Berri havia produzido recentemente "Bienvenue chez les Ch'tis" de Dany Boon, o maior sucesso francês de bilheteria, com mais de 20 milhões de espectadores.

"Estava trabalhando com François Dupeyron em +Trésor+, uma comédia com Mathilde Seigner e Alain Chabat", seu "vigésimo filme, e que prosseguirá, apesar de seu desaparecimento", informou seu agente.

Autor de várias obras de inspiração autobiográfica ("Le vieil homme et l'enfant"), ele conheceu o sucesso com "Tchao Pantin" que valeu ao humorista Coluche o César de melhor ator em 1984; seguindo-se, "Manon des sources" e "Jean de Florette" baseados na obra de Marcel Pagnol, com Yves Montand.

Batizado como Claude Langmann em Paris, em 1934, este produtor autodidata, filho de um peleteiro, adotou o nome de Berri e se impôs desde seu segundo curta-metragem, "Le Poulet", coroado com um Oscar.

Grande amador e colecionador de arte, abriu, em março passado, em Paris, um local dedicado à arte contemporânea, o Espaço Claude Berri.

ref/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG