Morreu aos 94 anos o dramaturgo americano William Gibson, mais conhecido pela adaptação da autobiografia de Helen Keller, que fala de sua relação com a professora Annie Sullivan, informou-se nesta sexta-feira em Nova York.

Gibson faleceu na terça-feira em Stockbridge (Massachusetts, nordeste).

A peça que recebeu o nome em inglês "The Miracle Worker", em português "O milagre de Annie Sullivan" foi montada pela primeira vez na Broadway em 1959, tendo sido logo depois, em 1962, levada ao cinema pelas mãos do diretor Arthur Penn que escolheu Anne Bancroft para o papel principal, junto com a jovem Pattu Duke.

A atriz Anne Bancroft chegou a receber um prêmio Tony e um Oscar pela interpretação. O realizador Arthur Penn e William Gibson também receberam indicações para o Oscar.

Numa entrevista concedida recentemente, William Gibson disse que escrever o ajudou a viver. "Para mim, o ato de escrever torna tudo possível", disse o escritor, nascido no Bronx em 1914.

sms/cel/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.