Morre o artista americano Robert Rauschenberg

MIAMI (Reuters) - O aclamado artista plástico americano Robert Rauschenberg morreu em sua casa na ilha Captiva, na Flórida, na segunda-feira, aos 82 anos, informou sua galeria na terça-feira. Jennifer Joy, da galeria nova-iorquina Pace Wildenstein, disse que Rauschenberg, descrito pelo New York Times como titã da arte americana, estava doente havia algum tempo.

Reuters |

Nascido em 1925 em Port Arthur, Texas, Rauschenberg liderou na década de 1950 um estilo ao qual chamou 'Columbines', que incorporava aspectos da pintura e escultura e eventualmente incluía objetos como placas de ruas ou águias ou cabras empalhadas.

Segundo sua biografia postada no site do museu Guggenheim, ele se tornou um dos artistas mais influentes a reagir contra o expressionismo abstrato.

Na década de 1960, Rauschenberg começou a fazer pinturas em silk-screen e depois lançou-se num período de projetos mais colaborativos que incluíam arte performática, coreografia, design de sets de filmagem e combinações de arte e tecnologia.

Em 1970 ele ergueu um estúdio permanente na ilha Captiva, ao largo da costa do Golfo da Flórida, e passou a viver ali também.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG