Morre o arquiteto dinamarquês Joern Utzon, autor da Ópera de Sydney

O célebre arquiteto dinamarquês Joern Utzon morreu na madrugada deste sábado aos 90 anos de idade, vítima de um ataque cardíaco, informou Adrian Carter, diretor do centro Utzon de arquitetura e arte da cidade de Aalborg (norte).

AFP |

A "Opera House" é uma das mais conhecidas e fotografadas arquiteturas do mundo. O prédio foi projetado por Jorn Utzon e construído entre 1959 e 1973 sobre a Baía de Sydney. Além da exuberância exterior, o prédio é conhecido pela beleza interna do teatro e pela excelente acústica.

A Opera House possui cerca de 1000 divisões, incluindo cinco teatros, cinco estúdios de ensaio, dois auditórios, quatro restaurantes, seis bares e numerosas lojas de recordações. O maior auditório, conhecido como Concert Hall, tem capacidade para quase 3.000 espectadores sentados

Nascido em 9 de abril de 1918 em Copenhague e graduado em arquitetura em 1942 pela Academia de Belas Artes da capital dinamarquesa, Utzon se refugiou na Suécia durante a Segunda Guerra Mundial e depois se instalou na Finlândia, onde trabalhou ao lado do famoso arquiteto Alvar Aalto.

Em 1957, ainda desconhecido, foi designado num concurso internacional para projetar a ópera de Sydney, com um teto em forma de velas, levantada na parte oriental do porto.

Foi o vencedor do Prêmio Pritzker de arquitetura de 2003.

sa/mr/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG