Morre no Rio o sambista Walter Alfaiate

Morreu na tarde de hoje o sambista Walter Alfaiate, de 79 anos. Desde o final do ano passado recebendo cuidados especiais por conta da saúde frágil, Alfaiate estava internado no Hospital da Lagoa, na zona sul, e morreu por volta da 17 horas em decorrência da falência de múltiplos órgãos.

Agência Estado |

O corpo seria vela do na sede do clube Botafogo, no bairro onde o sambista passou toda sua vida.

Alfaiate - que, de fato, exercia a profissão que lhe deu apelido - começou a despontar nos anos 60, com a participação em rodas no Teatro Opinião e de shows na boate Bolero.

Teve músicas gravadas por João Nogueira e Paulinho da Viola na década de 70 e foi "redescoberto" pela mídia nos anos 90, também com apoio de Paulinho. Seu primeiro disco, "Olha Aí" foi gravado em 1998.

No final do ano passado, sambistas como Monarco, Alcione e Arlindo Cruz reuniram-se no show beneficente "Samba para Alfaiate", no Circo Voador, com o objetivo de arrecadar recursos para ajudar no tratamento médico do sambista.

Leia mais sobre samba

    Leia tudo sobre: riorio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG