Morre Naomi Sims, primeira top model negra dos Estados Unidos

NOVA YORK ¿ A primeira top model negra dos Estados Unidos, Naomi Sims, morreu de câncer aos 60 anos, anunciou nesta terça-feira a imprensa local.

Redação com AFP |

Reprodução

Capa da revista "Life" em 1969

Oriunda do Mississippi, onde nasceu em 1949, Sims se mudou posteriormente para Nova York, onde começou a desfilar e foi a primeira negra a aparecer na capa da "Fashion of the Times", suplemento dedicado à moda do jornal "The New York Times", em 1967.

Um ano mais tarde, foi capa da revista feminina "Ladies Home Journal" e, em 1969, alcançou fama mundial com uma foto na revista "Life", ao ser declarada a Modelo do Ano. Todas essas imagens estão expostas no Metropolitan Museum of Art de Nova York.

"Graças a suas iniciativas pessoais e pioneiras, conseguiu criar um verdadeiro lugar para as mulheres negras na indústria das modelos", afirmou Marcellous Jones, editora da "The Fashion Insider".

Sims escreveu livros sobre sua carreira e obras voltadas para mulheres negras, além de publicar colunas em jornais norte-americanos e assinar uma linha de produtos comésticos com seu nome. A ex-modelo foi casada com o marchand nova-iorquino Michael Findlay entre 1973 e 1991 e teve dois filhos.

Leia mais sobre: Naomi Sims

    Leia tudo sobre: moda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG