A menina Adriele Laiane Oliveira Pereira, de 6 anos, vítima de bala perdida na terça-feira no bairro da Cremação, em Belém, será sepultada amanhã de manhã. Adriele não resistiu ao ferimento na cabeça e morreu nesta madrugada de no Hospital Metropolitano.

O acusado, Alan Cleber Teles, 26 anos, está preso e responderá pelo crime de homicídio doloso (com intenção de matar). Teles alega que sua intenção era acertar em outras pessoas com quem mantinha desavença.

Um dos tiros disparados de sua arma acertou a cabeça da menor quando ela se dirigia a uma mercearia da rua onde morava para comprar bombons. A delegada Elizete Cardoso, que investiga o caso, disse que vai alterar acusação contra Teles, preso em flagrante por tentativa de homicídio. "Vou indiciá-lo por homicídio. Está mais do que comprovado que a versão que ele alegou não tem nada a ver com o crime", justificou Cardoso.

A suposta ameaça de traficantes contra o acusado também está sendo investigada. Segundo vizinhos, Teles costumava exibir seu revólver e dar tiros na rua, assustando as famílias. A polícia aguarda a manutenção do flagrante pela Justiça para que ele seja levado para a penitenciária de Marituba, na região metropolitana da capital paraense.

#ET

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.