A Canção de Bernadette - Brasil - iG" /

Morre Jennifer Jones, vencedora do Oscar por A Canção de Bernadette

Morreu aos 90 anos a atriz americana Jennifer Jones, premiada com um Oscar, em 1943, por seu papel no filme da Twentieth Century Fox, The song of Bernardette, A Canção de Bernadette, anunciou sua porta-voz em Los Angeles, Leslie C. Denk.

AFP |

AP
Jennifer Jones em cena de Bernadette
Jennifer Jones como Bernadette
Entre os filmes que marcaram época, interpretados por Jennifer Jones estão Suplício de uma Saudade - Love is a many-splendored Thing, de 1955, e Suave é a Noite, Tender is the Night, de 1962

Uma das mais queridas atrizes das décadas de 40 e 50, atuou ao lado de Gregory Peck, Humphrey Bogart, Rock Hudson e Laurence Olivier.

Casou-se três vezes, uma delas com David O. Selznick, produtor do célebre "O Vento Levou" e com o empresário Norton Simon, cuja coleção de arte converteu-se em base para o Museu Norton Simon de Pasadena.

Nascida em Oklahoma, Jennifer Jones ou Phylis Lee Isley - seu nome de batismo - chegou a Hollywood em 1939.

Além do Oscar recebido por sua atuação em "A Canção de Bernadette", Jennifer Jones, em sua vitoriosa carreira, foi ainda indicada a outras estatuetas; como atriz coadjuvante, por seu desempenho em "Apenas um Coração Solitário"; como atriz principal, pela atuação em "Um Amor a Cada Vida", de 1945; e ainda pela atuação em "Duelo ao Sol", de 1946, quando a vencedora foi Olivia de Havilland por seu trabalho em "Só Resta uma Lágrima"; e, finalmente, por sua atuação em "Suplício de uma Saudade", de 1955, quando perdeu a estatueta para Anna Magnani por seu desempenho em "A Rosa Tatuada".

Ao todo, teve três filhos: dois do primeiro casamento, Robert Walker Jr. e Michael e, do segundo casamento, Mary Jennifer.

Filmografia de Jennifer Jones:

Adeus às armas, A farewell to Arms, 1957

A Canção de Bernadette, The song of Bernadette, 1943

Desde que partiste, Since you went away, 1944

Duelo ao sol, Duel in the sun, 1946

A Fúria do desejo, Ruby Gentry, 1952

O Homem de terno cinzento, The man in the gray flannel suit, 1956

Perdição por amor, Carrie, 1952

Quando a mulher erra, Stazione Termini, 1953

A Sedutora Madame Bovary, Madame Bovary, 1949

Suave é a noite, Tender is the night, 1962

Suplício de uma saudade, Love is a many-splendored thing, 1955

Leia mais sobre Cinema

    Leia tudo sobre: cinemaoscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG