Morre general Ivan Mendes, último chefe do extinto SNI

Morreu na manhã de hoje o general da reserva Ivan de Souza Mendes, último chefe do extinto Serviço Nacional de Informações (SNI). Ele tinha 88 anos e foi vítima de uma infecção generalizada.

Agência Estado |

Com dificuldades para respirar, o general foi internado no início da semana na Casa de Saúde Santa Lúcia, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro.

Souza Mendes foi nomeado interventor da Prefeitura de Brasília logo após o golpe militar de 31 de março de 1964. Depois, serviu no Gabinete Militar sob ordens do general Ernesto Geisel - com quem seguiu para o gabinete da presidência da Petrobras no início da década de 70.

Promovido a general-de-brigada em 1974, comandou a 8ª Região Militar, em Belém. Ocupou vários postos de chefia e comando até ser nomeado, em março de 1985, ministro-chefe do SNI pelo então presidente José Sarney. Ficou no posto até o fim do governo e a extinção do órgão, em março de 1990. O general Souza Mendes deixa mulher e três filhas. Ele completaria 89 anos na terça-feira. Seu corpo será cremado no sábado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG