Morre escritor e jornalista Ariosto Teixeira

O colunista político, poeta e escritor Ariosto Teixeira morreu no sábado, aos 56 anos, em Brasília - depois de uma longa luta contra a hepatite C, doença que o obrigou a fazer um transplante de fígado. Nesse período, nunca se afastou do trabalho e transmitia à esposa, Solange Morgado, e aos dois filhos a esperança de que iria se recuperar.

Agência Estado |

Ele tinha planos de escrever um novo livro e ter ativa participação na cobertura das eleições deste ano. Esportista, adorava praticar canoagem e foi um dos pioneiros dessa modalidade em Brasília. Trabalhou no jornal O Estado de S. Paulo , na Agência Estado , no Jornal do Brasil, na Gazeta Mercantil e na IstoÉ. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG