BRASÍLIA - O coordenador do programa Brasil Sem Homofobia, da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), Paulo Biagi, morreu na madrugada deste domingo (12) em um acidente de carro próxima a Sobradinho, no Distrito Federal.

De acordo com nota divulgada pela SEDH, ele voltava de uma festa familiar.

O corpo de Biagi foi velado neste domingo à noite no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília. O sepultamento acontece nesta segunda (13), no Cemitério Memorial Parque, em Anápolis (GO).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.