Tubarão - Brasil - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Morre David Brown, produtor do clássico Tubarão

David Brown, produtor de cinema e teatro que levou às telas um grande êxito dos anos 1970, Tubarão, morreu ontem, aos 93 anos, em sua casa em Manhattan, após uma longa doença, informou a Hearst Corp., editora da Cosmopolitan.

Agência Estado |

Brown chegou a Hollywood em 1953. Como produtor, foi indicado ao Oscar de melhor filme quatro vezes, por "Tubarão", em 1975, dirigido por Steven Spielberg; "O Veredicto", de 1982, de Sidney Lumet; "Questão de Honra", de 1992, dirigido por Rob Reiner; e "Chocolate", de 2000, dirigido por Lasse Hallström.

"Sim, eu sobrevivi", disse ele, em entrevista ao jornal "The New York Times", em 1999, aos 83 anos. "Represento de alguma maneira o velho na nova Hollywood." Em 1991, recebeu junto com seu ex-sócio Richard D. Zanuck o prêmio Irving G. Thalberg, um Oscar pela trajetória, dado a alguns profissionais do cinema.

Brown foi ainda produtor do primeiro filme de Elvis Presley, "Love Me Tender". Junto com Zanuck, fundou a Zanuck-Brown Productions, responsável por filmes como "Tubarão" (1975). Brown foi ainda produtor de "Cocoon: o regresso" (1988) e produtor-executivo de "Conduzindo Miss Daisy" (1989).

Nascido em Nova York, Brown se dedicou ao jornalismo, após se graduar por Stanford e Columbia. Escreveu dezenas de contos e chegou a ser diretor-geral da Cosmopolitan, antes de atuar em Hollywood. O funeral público está marcado para quinta-feira, no Frank E. Campbell Funeral Chapel, em Manhattan. Brown era casado com a editora da Cosmopolitan, Helen Gurley Brown.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG