O sargento Ricardo Guimarães Monteiro, do 16º Batalhão, do bairro de Olaria, foi morto ontem à noite durante suposta tentativa de assalto na Avenida Maracanã, próximo à Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), na zona norte do Rio. Ocupando o banco de passageiro da frente de um veículo Chrysler, o sargento, que prestava esporadicamente, nos dias de folga, segurança para Eurico Miranda, ex-presidente do Club de Regatas Vasco da Gama, após ser baleado, foi socorrido por policiais militares do 6º Batalhão, mas morreu no Hospital Salgado Filho.

Ao volante do veículo importado estava outro segurança de Eurico. Os dois, segundo o ex-dirigente do Vasco, seguiam para um restaurante no bairro de São Cristóvão para pegar Eurico, que participava de uma comemoração aos 20 anos do título de campeão brasileiro de 1989.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.