Morre ator Fess Parker, que representou Daniel Boone

O ator Fess Parker, conhecido principalmente por ter representado os heróis folclóricos americanos Davy Crockett e Daniel Boone, morreu aos 85 anos de idade, informou na quinta-feira uma porta-voz de sua família.

iG São Paulo |

Getty Images

O ator e construtor Fess Parker

Parker, que depois de aposentar-se de Hollywood nos anos 1970 tornou-se construtor imobiliário e proprietário de vinícola, morreu em sua casa em Santa Barbara, Califórnia, de causas naturais, segundo a porta-voz.

"Ele faleceu esta manhã", disse à Reuters a porta-voz, Sao Anash. "Seu corpo simplesmente desligou, por assim dizer. Ele tinha passado os últimos meses em casa, cuidado por enfermeiros."

Anash disse que os filhos de Parker, Eli e Ashley, estavam a seu lado.

Parker aposentou-se de seu trabalho de ator para focar seus empreendimentos comerciais. Acabou por abrir um hotel de luxo de frente para o mar em Santa Barbara e uma vinícola que recebeu seu nome.

O homem com o chapéu de guaxinim

Fess esteve em vários filmes da época áurea do western, como "O Rifle Springfield" (1952), "Homens em Revolta" (1952) e "Torrentes de Vingança" (1953).

Divulgação

Fess Parker como Daniel Boone

Nos anos 60, viveu outro explorador americano, Daniel Boone, em uma série homônima gravada entre 1964 e 1970. Centrada na vida dos pioneiros norte-americanos que viviam no leste do país durante o século 18, a série contava com curioso o índio cherokee Mingo, o "bom selvagem" que havia sido educado e chegou a cantar ópera em um dos seus 165 epidódios.

Apesar do teor familiar, a série ignorou fatos importantes da vida do verdadeiro Daniel Boone, o personagem histórico norte-americano que foi responsável pela exploração de florestas ocupadas por nativos indígenas.

Em 1991, o ator foi nomeado Lenda da Disney pelos estúdios.

* com Reuters e EFE

    Leia tudo sobre: daniel boonefess parker

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG