Morreu hoje, no Rio, o monge beneditino d. Estevão Bettencourt.

D. Estevão tinha 87 anos, era teólogo e foi por muitos anos professor da Faculdade de São Bento da capital fluminense. Era diretor emérito da Mater Ecclesiae Escola de Fé e Catequese e vice-diretor da Faculdade Eclesiástica de Filosofia João Paulo II da Arquidiocese. Sempre foi considerado um incansável difusor do cristianismo no Brasil. Ele fez os primeiros votos monásticos (da vida conventual) em 1937, no Mosteiro de São Bento do Rio, onde havia ingressado um ano antes. Desenvolveu estudos na Pontifícia Universidade Católica (PUC) e na Universidade Santa Úrsula (USU). O corpo de d. Estevão foi enterrado hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.