Morre aos 71 anos o arquiteto Charles Gwathmey

Nova York, 4 ago (EFE).- O arquiteto americano Charles Gwathmey, que teve clientes famosos como o cineasta Steven Spielberg e o ator Jerry Seinfeld, morreu nesta segunda-feira em Nova York aos 71 anos de idade, informou hoje o jornal The New York Times em sua edição digital.

EFE |

De influência modernista e participante da renovação do museu Guggenheim no início da década de 1990, entre outros muitos projetos, Gwathmey faleceu por causa de um câncer no esôfago, segundo seu enteado, Eric Steel.

Em 1968, o arquiteto criou em Nova York o escritório Gwathmey Siegel & Associates, junto com Robert Siegel, que realizou inúmeros projetos residenciais e também para museus e centros acadêmicos, como o Centro Internacional de Fotografia, em Manhattan, e as renomadas universidades de Yale e de Princeton.

O jornal nova-iorquino lembra que Gwathmey ficou conhecido quando, ainda na casa dos 20 anos, desenhou uma casa para seus pais, Robert e Rosalie, ambos artistas, em Nova York, que chamava a atenção por causa da combinação de cubos, triângulos e cilindros e que foi considerada como uma das construções mais influentes da era moderna.

"O desenho é um processo de descobrimento", dizia Gwathmey, segundo o site do escritório que ele fundou e onde sua ampla trajetória profissional e docente é lembrada, assim como alguns dos vários prêmios que recebeu por seus trabalhos.

Gwathmey nasceu em 19 de junho de 1938 na cidade de Charlotte, no estado americano da Carolina do Norte, e se formou em arquitetura pela universidade de Yale em 1962. EFE vm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG