Morre aos 61 anos o cantor e compositor Zé Rodrix

SÃO PAULO ¿ Morreu na noite de ontem, em casa, no bairro do Sumaré, zona oeste da capital paulista, o cantor e compositor Zé Rodrix, conhecido por integrar o trio Sá, Rodrix & Guarabyra. Aos 61 anos, José Rodrigues Trindade, segundo Bárbara Rodrigues, uma das filhas do artista, estava bem de saúde e começou subitamente a se sentir mal, sofrendo uma forte convulsão em seguida.

Redação com Agência Estado |

Divulgação

Zé Rodrix (centro) foi fundador do grupo
de rock rural Sá, Rodrix & Guarabyra

Carioca, o músico foi fundador, no início da década de 1970, do grupo Sá, Rodrix & Guarabyra, precursores do chamado rock rural. Rodrix, inclusive, é compositor de "Casa no Campo", sucesso na voz de Elis Regina, que cita o gênero na letra ("Eu quero uma casa no campo /
Onde eu possa compor muitos rocks rurais").

Rodrix também já tocou com Tavito e com as bandas Som Imaginário e Joelho de Porco. Abandonou Sá & Guarabyra ainda nos anos 1970, mas reencontrou os companheiros na virada do século. Em 2008, durante a Virada Cultural em São Paulo, o grupo tocou na íntegra no Teatro Municipal seu disco de estreia, "Passado, Presente e Futuro" (1972). Neste ano, o trio lançou o álbum "Amanhã" e estava viajando pelo Brasil.

De acordo com a família, quando Rodrix foi levado para o Hospital das Clínicas, já estava morto. "Ele vinha bem de saúde. Vamos esperar agora o resultado médico", relatou Bárbara, uma das filhas do artista. O corpo de Zé Rodrix será liberado para o velório ainda hoje. Por ser maçom, não foi definido ainda se o cantor será velado no cemitério do Araçá, região sudoeste da cidade, ou se na maçonaria.

Leia mais sobre: Zé Rodrix

    Leia tudo sobre: música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG