Morre a atriz Marisa Merlini, que se consagrou na comédia italiana

ROMA ¿ A atriz italiana Marisa Merlini, conhecida por suas interpretações em algumas das grandes comédias italianas, morreu neste domingo em casa, em Roma, aos 84 anos, informou hoje a imprensa italiana.

EFE |

Merlini, considerada uma das grandes atrizes italianas, se destacou por seu trabalho na televisão e no teatro, além das participações em cerca de 70 filmes, na maioria comédias.

A atriz estreou no cinema com "Stasera Niente di Nuovo" (1942), dirigida por Maurizio Mattioli, e o sucesso chegou pelas mãos do comediante italiano Totò, com quem rodou sete filmes, como "Signori in Carrozza" (1951), de Luigi Zampa, e "Gli Eroi della Domenica" (1953), de Mario Camerini.

Um de seus papéis mais conhecidos é em "Pão, Amor e Fantasia" (1953), de Luigi Comencini, onde interpreta a parteira que quer conquistar, inutilmente, o carabineiro interpretado por Vittorio De Sica.

O sucesso dos anos 50 continuou na década de 60 com filmes como "Il Vigile" (1960), de Luigi Zampa, e "Il Giudizio Universale" (1961), de Vittorio De Sica, ou com a grande interpretação de uma prostituta em "Ciúme à Italiana" (1969), de Ettore Scola.

Sua última interpretação foi em 2005, no filme "A Segunda Noite de Núpcias", de Pupi Avati.

Leia mais sobre: Marisa Merlini , cinema italiano

    Leia tudo sobre: cinemaitália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG