Morgan Freeman sofreu fraturas, mas não corre risco de morte

O ator norte-americano Morgan Freeman, que sofreu um grave acidente de carro na noite de domingo, não estaria correndo risco de morte. Segundo um amigo que esteve com o ator na tarde desta segunda-feira, ele teria sofrido fraturas, mas não corre risco de morte.

Redação com agências internacionais |

"Ele está descansando e sofreu algumas fraturas. Nada que ofereça risco à sua vida. Nada permanente", declarou à imprensa o parceiro de negócios Bill Luckett. "Ele está de bom humor, mas sente dores".

Freeman, de 71 anos, foi levado de helicóptero para um hospital de Memphis, no estado vizinho de Tennessee, depois que o carro em que ele estava capotou várias vezes, segundo a rede de televisão norte-americana CBS. Ele está internado no Centro Médico Regional do Tennessee.

De acordo com testemunhas, o ator estava consciente quando foi socorrido, chegando a conversar e brincar com membros da equipe de resgate. "Não há indicação de que álcool ou drogas tenham ligação com o acidente", declarou o porta-voz da patrulha rodoviária do Missisippi.

O ator estava acompanhado de Demaris Meyer, proprietária do carro. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Morgan Freeman nasceu no Tennessee e começou sua carreira no teatro em 1967, mas só começou a fazer sucesso no cinema em 1990, aos 53 anos, quando conquistou um Urso de Prata em Berlim e uma indicação ao Oscar por seu papel de motorista negro em "Conduzindo Miss Daisy" (1989)

Entre os seus maiores sucessos no cinema estão "Tempos de Glória" (1989), "Os Imperdoáveis" (1992), "Um Sonho de Liberdade" (1994) e "Seven - Os Sete Crimes Capitais". "Batman - O Cavaleiro das Trevas", que está acumulando os recordes e já é um dos maiores sucessos de bilheteria da história do cinema, é seu trabalho mais recente.

Leia mais sobre Morgan Freeman .

    Leia tudo sobre: morgan freeman

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG