Moradores usam apito para espantar ladrões em Bauru

Assustados com a onda de roubos e furtos, moradores do Jardim Pagani, em Bauru, região central do Estado de São Paulo, se mobilizaram e implementaram esta semana um esquema de segurança caseiro para espantar os ladrões. Eles usam apitos para avisar os vizinhos sempre que avistam suspeitos perambulando pelas ruas do bairro.

Agência Estado |

O apito alerta os moradores sobre o perigo que ronda a área. Uma mulher comprou 50 apitos e os distribuiu aos vizinhos. Cada um ficou com dois apitos. Dependendo da situação, o apito pode ser tocado até cinco vezes. Se o suspeito não for embora, a polícia é chamada. Além de apitos, os vizinhos também utilizam sinal de luz. Quem ouve o apito acende a luz para confirmar que foi avisado sobre a presença de suspeitos. Quando alguém precisa sair de casa comunica à vizinhança por telefone.

Temendo represália dos bandidos, moradores do Jardim Pagani preferem não se identificar. As donas de casa tiveram participação decisiva na elaboração do projeto. O esquema de segurança implementado no bairro de Bauru foi copiado de um semelhante que funciona em Uberlândia, em Minas Gerais. Graças ao apitaço na cidade mineira, chamado de "Vizinho ajudando seu vizinho", o crime contra o patrimônio caiu a zero no local em apenas seis meses.

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG