Moradores enfrentam PM durante protesto em São Paulo

Um confronto entre a Polícia Militar e moradores do Jardim São Jorge, na zona oeste de São Paulo, começou às 18h desta quarta-feira. No mesmo horário, segundo a PM, estava prevista uma manifestação da comunidade da favela Jardim Arpoador, nas ruas Professor João de Lourenço e Rua Angelo Aparecido Santos Dia.

Agência Estado |

De acordo com a PM, o protesto era contra a morte de uma pessoa da região, ocorrida na noite de ontem.

Segundo o presidente da Associação Beneficente Cultural Elídia Maria de Freitas, Claudio Freitas, de 38 anos, a polícia teria jogado bombas de gás nas ruas, estaria impedindo a circulação dos ônibus no local e teria batido em um grupo de pessoas com cassetetes. A SPTrans não soube informar se o trânsito de ônibus estaria interrompido na região.

"Não é possível contar quantas viaturas estão aqui, mas são muitas. A polícia chegou aqui na hora em que as crianças saem da creche e as pessoas voltam do trabalho. A polícia tem de aprender a controlar a situação sem bater nos cidadãos", reclamou Freitas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG