Moradores do bairro do Itaim Bibi reclamam da falta de segurança

SÃO PAULO - Os moradores do bairro de Itaim Bibi, zona sul de São Paulo, se dizem preocupados com a segurança na região. Segundo Rosa Lopes, integrante da Sociedade Amigos do Itaim Bibi, os assaltos têm se tornado cada vez mais freqüentes e a violência cada vez maior. ¿Nosso bairro está violento, estamos sendo roubados em qualquer rua, até mesmo saindo de casa¿, desabafou.

Redação |

Acordo Ortográfico

O último assalto ocorrido na região foi a uma loja da rede Everlast, na noite desta segunda-feira. Um grupo de pessoas arrombou a porta de ferro com um carro, invadiu o local e roubou diversos produtos do comércio que fica na rua João Cachoeira. Ninguém foi preso na ação.

Esse é um assalto grande, onde a mídia também se interessa, mas temos diversos outros que ninguém sequer liga, disse Rosa.

A Polícia Militar informou que faz um patrulhamento ostensivo na região e que qualquer roubo é investigado com rigor.

Rosa reclama que a segurança no bairro é frágil mas confessa que a população poderia fazer mais. As pessoas são assaltadas, tem relógios, dinheiro notbooks roubados e não fazem boletim de ocorrência (B.O). Sem o B.O, a polícia acha que nosso bairro está uma maravilha, o que não é verdade, reclamou.

AE
Bandidos levaram diversos artigos esportivos durante assalto

Ainda de acordo com Rosa, o poder público deveria investir em prevenção para que o número de roubos diminua. Câmeras de vigilância seriam ótimas, com certeza iriam inibir a ação desses marginais que nos roubam para comprar drogas, desabafou.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) não informou quantos roubos foram registrados no bairro de Itaim Bibi no último mês alegando que não separa as ocorrências por região.

Leia mais sobre: assaltos

    Leia tudo sobre: assalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG