Moradores depredam delegacia do PA atrás de suspeito

Cerca de 200 moradores de Santo Antônio do Tauá, no Pará, destruíram hoje a delegacia da cidade revoltados contra o abuso e a morte de uma criança de 9 anos. O corpo da menina, desaparecida desde domingo, foi encontrado ontem em um matagal.

Agência Estado |

Indignada com a violência, moradores do município queriam espancar o suspeito Luís Inácio da Silva, que segundo a Polícia Militar (PM), mora a cerca de 500 metros da vítima. Pelo menos dez moradores foram detidos e alguns dos presos conseguiram fugir durante a depredação.

A PM informou que Luís Inácio, de aproximadamente 50 anos, foi detido na noite de ontem em companhia de outra menor, de 11 anos, após a família da vítima reclamar o desaparecimento. Em sua casa foram encontradas roupas e facas sujas de sangue e de barro. Durante depoimento aos policiais, a adolescente disse ter recebido pães e doces do suspeito e que vinha se relacionando com ele sem autorização dos pais. Luís Inácio foi levado para a delegacia de Santa Isabel do Pará e deve prestar depoimento ainda hoje.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG