Moradores de São Paulo e Paraná sentem reflexo do terremoto no Chile

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de São Paulo e do Estado do Paraná receberam chamados durante a madrugada deste sábado para verificar a ocorrência de pequenos tremores, em decorrência do terremoto 8,8 graus na escala Richter que atingiu o Chile.

iG São Paulo |

  • Passa de 120 o número de mortos em tremor no Chile
  • O pânico foi geral, diz brasileiro que está no Chile
  • Segundo informações dos Bombeiros de São Paulo, moradoras de Tatuapé e Mooca, na zona leste; Bela Vista, na região central da cidade, e da avenida Paulista relataram terem sentido tremores.

    AP
    Além de destruir casas e prédios, tremor vira carros e provoca acidentes no Chile

    "Algumas pessoas ligaram, mas não houve registro de danos nem de feridos", afirmou o soldado da PM Vladimir Soares, da sala de estação do Corpo de Bombeiros.

    O Corpo de Bombeiros informou ainda que foi chamado para verificar efeitos de um tremor rápido em um prédio localizado na Rua Brigadeiro Tobias, no centro da cidade. Uma equipe foi deslocada para o local, mas não constatou abalos na estrutura do imóvel.

    A Defesa Civil informa que opera em estado de atenção, embora, não haja informações sobre vítimas e danos na capital paulista.

    Paraná

    No Paraná, o tremor foi sentido principalmente na cidade de Cascavel , no oeste do Estado, a aproximadamente 2,3 mil quilômetros do Chile. O Corpo de Bombeiros do município recebeu cerca de 50 ligações de pessoas da região central que mostravam-se muito assustadas.

    *Com informações da Agência Estado

    Leia mais sobre: terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG