Moradores de favela incendiada ocupam prédio da CDHU

Cerca de 200 pessoas invadiram na tarde de hoje um conjunto da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) no Jaguaré, zona oeste de São Paulo. O grupo é composto por moradores da Favela Diogo Pires, destruída na noite de ontem por um incêndio.

Agência Estado |

A Prefeitura da capital paulista fará um cadastramento para identificar, entre os invasores, se realmente só há desabrigados pelo incêndio.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, apenas 5% da área de dois mil metros quadrados da favela escapou de ser atingida pelas chamas, que destruíram ontem mais de cem barracos. Ainda segundo a corporação, não houve vítimas. As causas do fogo são desconhecidas, mas moradores alegam que ocorreu curto-circuito em uma fiação.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG