A Caixa Econômica Federal vai liberar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos moradores das cidades paulistas de São Luís do Paraitinga, Cunha, Guaratinguetá e Lagoinha, que foram prejudicadas pelas chuvas no início desse ano. De acordo com o superintendente regional da Caixa, Paulo Galli, a situação de calamidade e emergência dessas cidades justifica a liberação em caráter excepcional.

O valor máximo do saque será de R$ 4.650, limite para retirada nesses casos.

"O objetivo é apoiar os moradores na reconstrução", disse. A Caixa ainda não tem uma estimativa de quantas pessoas vão recorrer a essa alternativa. O problema é a burocracia, que inclui uma análise dos dados e prejuízos que as cidades sofreram com as chuvas.

A Defesa Civil fará um relatório de avaliação de danos, que terá de ser homologado pela Defesa Civil estadual e encaminhado ao Ministério da Integração Nacional. Com a publicação do decreto ministerial, os recursos serão disponibilizados para os interessados.

Um estande da Caixa será montado na cidade, na próxima semana, para atender a população, inclusive para o pagamento do Programa Bolsa Família, seguro-desemprego e outros serviços.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.