Monomotor cai em Manaus e mata seis pessoas

Entre os mortos está a secretária de Educação do Amazonas, Cíntia Régia Gomes do Livramento

iG São Paulo |

AE
Bimotor modelo Seneca que caiu e explodiu na tarde desta quinta-feira, no bairro Zumbi, zona leste de Manaus
Um avião monomotor caiu esta tarde próximo ao terminal rodoviário no bairro Zumbi, na zona leste de Manaus, no Amazonas, matando seis pessoas, entre elas, a secretária de Educação do Amazonas, Cíntia Régia Gomes do Livramento.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo do Estado, além da secretária estadual de Educação, morreram o fotógrafo da Secretaria, Marivaldo Oliveira, a assessora Carla Patrícia, a gerente de monitoramento Eliana Pacheco, a técnica Maria Sueli Costa e o comandante da Aeronave, Vaz Piano.

A Agência de Comunicação do Amazonas informou que a aeronave iria para Maués, município a 260 quilômetros de Manaus, onde haveria a abertura de uma exposição de painéis da Secretaria.

No internet, o governo do Amazonas lamentou as mortes dos e o governador do Estado, Omar Aziz, decreta luto oficial de três dias pela perda dos servidores da Seduc.

Este é o segundo acidente com aviões desse porte nesta semana. Na segunda-feira, um homem ficou ferido após fazer um pouso forçado em um canavial, em Itápolis, no interior de São Paulo. De acordo com a polícia, o incidente aconteceu enquanto o mecânico testava o motor do Cessna 210, que passava por reparos no aeroclube da cidade. A pane ocorreu assim que o avião decolou.

    Leia tudo sobre: aviãoManaus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG