Modelo processa Sharon Osbourne por briga em programa

LOS ANGELES (Reuters) - Uma ex-modelo da Playboy está movendo uma ação contra Sharon Osbourne, acusando a mulher do roqueiro Ozzy Osbourne de arrancar seu cabelo durante um reality show sobre etiqueta. A ação cível foi aberta na segunda-feira na Corte Superior de Los Angeles por Megan Hauserman, 29, que apareceu com Osbourne no programa do canal a cabo VH1 Rock of Love: Charm School.

Reuters |

Hauserman foi convidada no programa em 13 de dezembro, quando Osbourne a atacou, arranhando-a e "arrancando cabelos de sua cabeça", obrigando a modelo a buscar atendimento num hospital, segundo a ação.

O incidente foi transmitido pelo VH1 em janeiro e aconteceu depois de as duas mulheres trocarem insultos sobre Ozzy Osbourne.

No programa, Sharon Osbourne serviu de diretora de ex-participantes de outro programa de TV-realidade, "Rock of Love", que, depois de competir pelo afeto do roqueiro Bret Michaels, ganham aulas de etiqueta e moderação de Osbourne.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG