Moacyr Scliar vence prêmio Jabuti de melhor romance de 2009

SÃO PAULO ¿ O gaúcho Moacyr Scliar, membro da Academia Brasileira de Letras, é o ganhador do Prêmio Jabuti do melhor romance de 2009, por Manual da Paixão Solitária. Os vencedores foram anunciados nesta terça-feira (29) pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). O segundo lugar ficou com Milton Hatoum, autor de Órfãos do Eldorado, e em terceiro, Daniel Galera, com Cordilheira. Todo o pódio da categoria foi editado pela Companhia das Letras.

Redação |

Divulgação

O escritor Moacyr Scliar

Na categoria Contos e Crônicas, Fabrício Carpinejar venceu por "Canalha!". "Ostra Feliz Não Faz Pérola" (Planeta), de Rubem Alves, e "Os Comes e Bebes nos Velórios da Gerais e Outras Histórias", de Déa Rodrigues da Cunha Rocha, conquistaram, respectivamente, a segunda e terceira colocação.

Alice Ruiz S. levou o prêmio de melhor livro de poesia por "Dois em Um", enquanto a jovem Vanessa Bárbara, com "O Livro Amarelo do Terminal", conquistou o primeiro lugar na categoria de reportagem. Lilia Schwarcz, por sua vez, venceu o prêmio de melhor biografia por "O Sol do Brasil", sobre a vida do pintor francês Nicolas-Antoine Taunay no Rio de Janeiro.

Os livros do ano de ficção e não-ficção da 51ª edição do Prêmio Jabuti serão anunciados pela CBL no dia 04 de novembro, em cerimônia na Sala São Paulo. Além do troféu, os ganhadores serão premiados com R$ 30 mil.

Conheça os ganhadores das principais categorias:

Romance
1º: Manual da Paixão Solitária,  de Moacyr Scliar (Companhia das Letras)
2º: Orfãos do Eldorado, Milton Hatoum (Companhia das Letras)
3º: Cordilheira, de Daniel Galera (Companhia das Letras)

Poesia
1º: Dois Em Um,  de Alice Ruiz S (Editora Iluminuras)
2º: Antigos e Soltos: Poemas e Prosas da Pasta Rosa, Instituto Moreira Salles  (Instituto Moreira Salles)
3º: Cinemateca, de Eucanaã Ferraz (Companhia das Letras) e Outros Barulhos, de Reynaldo Bessa (Anome Livros)

Contos e Crônicas
1º: Canalha! ¿ Crônicas, de Fabricio Carpinejar (Editora Bertrand Brasil)
2º: Ostra Feliz Não Faz Pérola, de Rubem Alves (Editora Planeta)
3º:  Os Comes e Bebes nos Velórios das Gerais e Outras Histórias, de Déa Rodrigues Da Cunha Rocha (Auana Editora)

Biografia
1º: O Sol do Brasil, de Lilia Moritz Schwarcz (Companhia das Letras)
2º: José Olympio, o Editor e Sua Casa, de José Mario Pereira (G.M.T.)
3º: O Santo Sujo: A Vida de Jayme Ovalle, de Humberto Werneck (Cosac Naify)

Reportagem
1º: O Livro Amarelo do Terminal, de Vanessa Barbara (Cosac Naify)
2º: O Sequestro dos Uruguaios - Uma Reportagem dos Tempos da Ditadura, de Luiz Cláudio Cunha (L&PM)
3º: 1968 - O Que Fizemos de Nós, de Zuenir Ventura (Editora Planeta)

Infantil
1º: A Invenção do Mundo pelo Deus-Curumim, de Braulio Tavares (Editora 34)
2º: No Risco Do Caracol, de Maria Valéria Rezende e Marlette Menezes (Autêntica Editora)
3º: Era Outra Vez Um Gato Xadrez, de Leticia Wierzchowski (Record)

Juvenil
1º: O Fazedor de Velhos, de Rodrigo Lacerda (Cosac Naify)
2º: Cidade dos Deitados, de Heloisa Prieto (Cosac Naify e Edições Sesc-SP)
3º: A Distância das Coisas, de Flávio Carneiro (Edições SM)

Leia mais sobre: Prêmio Jabuti

    Leia tudo sobre: literaturamoacyr scliarprêmio jabuti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG