SÃO PAULO - O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou nesta segunda que acha desrespeitoso misturar a doença da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, com a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Tanto ele quanto Dilma são pré-candidatos à sucessão em 2010.

"Acho até desrespeitoso misturar a doença da ministra Dilma com a eleição. Já desejei a ela pronto e definitivo restabelecimento e especular de eleição com doença não é apropriado de minha parte", disse Serra, em um rápido pronunciamento sobre o assunto, em Ribeirão Preto (SP), onde participou da abertura da Agrishow 2009.

Leia mais sobre Dilma Rousseff

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.