Ministro faz apelo para que população receba recenseadores

Censo 2010 visitará 58 milhões de domicílios em todo País, a partir deste domingo

Agência Brasil |

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, fez um apelo neste domingo (1º) para que a população abra as portas de suas casas para receber os recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A coleta de informações para o Censo 2010 começou neste domingo (1º) em todo o País.

“O censo é a mais completa fonte de informações que um país pode ter para conhecer as condições de vida do seu povo e vai servir de base para que governos federal, estadual e municipal elaborem políticas públicas e para que universidades façam levantamento da realidade brasileira”, disse Paulo Bernardo à Agência Brasil.

Agência Estado
A recenseadora Dejanira de Souza Martins, funcionária do IBGE, faz questionário com morador do bairro da Brasilândia, em São Paulo
Segundo ele, qualquer pessoa pode agendar o horário para receber a visita do recenseador em sua residência ou em outro local a combinar. “Eu e minha família agendamos para hoje às 15 horas em minha casa. E fui informado que eles já estiveram esta manhã na casa do governador [do Paraná] Orlando Pessuti.”

Paulo Bernardo ressaltou a importância da participação da população no censo, com informações precisas sobre família, moradia e trabalho. Segundo ele, quem desconfiar dos profissionais pode checar a identidade deles ligando para 0800 721 8181. “Os recenseadores estarão uniformizados e credenciados”, ressaltou.

O ministro definiu o censo deste ano como um trabalho gigantesco do IBGE. “Do ponto de vista orçamentário custará cerca de R$ 1,7 bilhão para atingir os cerca de 190 mil recenseadores que vão percorrer mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados", disse o ministro.

    Leia tudo sobre: censo 2010ibge

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG