O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Fernando Gonçalves, concordou com o pedido do Ministério Publico para a decretação da prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, acusado de tentar corromper testemunhas e obstruir a Justiça no processo que investiga esquema de corrupção desmantelado pela operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. Gonçalves convocou a Corte Especial do STJ para referendar o decreto da prisão do governador.

A Polícia Federal já está mobilizada para cumprir o decreto assim que for demandada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.