Ministro da Saúde avalia que Brasil enfrenta epidemia de violência

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse nesta quinta-feira, ao assinar convênio de cooperação com o Ministério da Justiça para aplicação de recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), que há uma ¿epidemia de violência¿ em curso no Brasil: ¿São milhares de jovens, homens e negros em sua maioria, vítimas todos os anos de homicídio e violência , além das questões de acidentes de trabalho e de trânsito.¿

Agência Brasil |

Segundo Temporão, o fato de uma comunidade viver em situação de insegurança afeta diretamente a saúde das pessoas. O Programa Saúde da Família (PSF) será contemplado com R$ 36 milhões de reais do Pronasci ao longo dos próximos quatro anos. Para o ministro, a parceria tem concepção arrojada.

A idéia é que o PSF em cerca de 3,3 mil municípios se expanda para atender às comunidades, capacitando médicos e enfermeiros a serem agentes ativos na identificação de jovens em situação de risco e de casos domésticos de violência contra a mulher, a criança e o idoso, explicou Temporão.

    Leia tudo sobre: temporão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG