Ministro anuncia novos tratamentos cobertos pelo SUS

Alexandre Padilha anunciou a inclusão de tratamentos para doenças cardiovasculares. Investimento será de R$ 34,9 milhões ao ano

AE |

selo

O ministro Alexandre Padilha anunciou nesta terça-feira a inclusão de novos tratamentos para doenças cardiovasculares no rol do SUS. A partir de janeiro, estarão disponíveis dois novos medicamentos trombolíticos - tenecteplase e alteplase -, usados para tratar pacientes que sofrem enfarte. Atualmente, o SUS custeia apenas a droga streptokinase, considerada ultrapassada por especialistas.

Cirurgia plástica: Lei para cirurgia plástica pelo SUS é aprovada e vai à sanção

Também será incluído no rol o medicamento clopidogrel, que previne a formação de coágulos e diminui o risco de novos enfartes, e o exame troponina, que permite diagnosticar o problema com mais rapidez. O SUS também passará a cobrir tratamentos para a síndrome coronariana aguda e a angioplastia primária.

O investimento total será de R$ 34,9 milhões ao ano. Padilha anunciou ainda um financiamento para a abertura de 40 novas unidades coronarianas, cada uma com dez leitos dedicados a pacientes cardíacos, em dez regiões metropolitanas do País.

As medidas fazem parte de uma portaria assinada pelo ministro nesta terça durante cerimônia de inauguração da nova ala de hemodinâmica e cardiologia intervencionista do Instituto do Coração (Incor).

    Leia tudo sobre: susalexandre padilhanovos tratamentos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG