Ministra Dilma deve passar a noite no hospital

SÃO PAULO - Apesar de apresentar um quadro estável, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, deve passar ao menos esta noite internada no Hospítal Sírio-Libanês. Não há previsão oficial de alta, mas Dilma deve ser avaliada pelos médicos novamente nesta quarta-feira pela manhã.

Valor Online |

Conforme o último boletim médico, divulgado às 11h40, ela foi medicada com analgésicos, depois de ter sido internada na madrugada de ontem para hoje, após se queixar dores nas pernas. O boletim diz que as dores foram causadas "por quadro de miopatia [problemas nos músculos]" e a avaliação é de que esse seja um efeito colateral do tratamento quimioterápico que a ministra está fazendo.

Em março, foi descoberto um câncer linfático na ministra. Durante um exame de rotina, um nódulo de 2,5 centímetros foi encontrado na axila esquerda de Dilma. A ministra então se submeteu a uma cirurgia para extração do nódulo. Desde então, ela está em tratamento, passando por sessões de quimioterapia.

(Valor Online)

    Leia tudo sobre: dilma rousseff

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG