Ministério Público Federal promove audiência sobre usina de Belo Monte

BRASÍLIA - O Ministério Público Federal promove nesta terça-feira, às 14h em Brasília, audiência pública que trata da polêmica construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A usina é a principal obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo Lula e o maior empreendimento elétrico do País.

Mariana Castro, iG Brasília |

Na audiência serão discutidos o impacto e as consequências socioambientais da hidrelétrica. Foram convocados para o encontro representantes do Ministério das Minas e Energia, Ministério do Meio Ambiente, Ibama, Funai e da assessoria especial do Gabinete da Presidência. O procurador da república Rodrigo Timóteo também estará presente.

Dois ônibus saíram no último sábado de Altamira, oeste do Pará, levando 87 pessoas a Brasília entre representantes de ONGs, lideranças indígenas, ribeirinhos e agricultores, para protestar contra a usina. A índia Tuíra, famosa por encostar o facão no rosto de Jose Antonio Muniz Lopes, então diretor da Eletronorte, no Encontro dos Povos Indígenas do Xingu, realizado em Altamira em 1989, integra o grupo. O kaiapó Raoni também é aguardado.

A viagem foi organizada pelo Movimento Xingu Vivo para Sempre, que reúne ONGs e fundações como o Instituto Sócioambiental (ISA), a Fundação Viver, Produzir e Preservar e o Conselho Indigenista Missionário. Uma das coordenadoras do Movimento, Antonia Melo diz acreditar na possibilidade de evitar a construção da hidrelétrica. As comunidades não estão sendo ouvidas. Esse não é um processo democrático e não vamos aceitar.

Leia mais sobre Belo Monte

    Leia tudo sobre: belo monte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG