Ministério Público denuncia homem que desonrou imagem do Cristo Redentor

RIO DE JANEIRO ¿ O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro ofereceu denúncia à Justiça nesta quarta-feira contra Alberto Murray Neto pela divulgação na internet de imagens da estátua do Cristo Redentor trajando colete à prova de balas, segurando um fuzil e um revólver.

Redação |

Para o promotor Alexandre Murilo Graça, da 1ª Central de Inquéritos, ao postar a imagem, o denunciado escarneceu publicamente e vilipendiou objeto de culto religioso, o que é crime de ação pública previsto no artigo 208 do Código Penal, com pena de detenção de um mês a um ano ou multa.

De acordo com a denúncia, inconformado com a campanha e a candidatura da cidade do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, Alberto Murray Neto criou em 2008 um blog na internet no qual apresenta diversas considerações negativas contra o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e vários dirigentes do esporte nacional.

Em 15 de abril deste ano, o denunciado foi além ao postar, por e-mail, imagem do Cristo Redentor com colete à prova de balas e empunhando um fuzil e um revólver.

Ocorre que entre todas as imagens que identificam a cidade do Rio de Janeiro, o denunciado escolheu, em clara ofensa às instituições religiosas e às pessoas que professam esta fé, a do Cristo Redentor, símbolo religioso das igrejas cristãs que retrata o amor e o perdão, afirmou o promotor. 

Leia mais sobre: Cristo Redentor

    Leia tudo sobre: cristo redentor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG