Ministério Público abre processo contra Cid Gomes

FORTALEZA - O Ministério Público do Ceará (MP-CE) instaurou uma Comissão Especial com o objetivo de investigar as possíveis irregularidades relativas à viagem do governador Cid Gomes (PSB) à Europa, no Carnaval passado, quando levou três caronas (a sogra e duas mulheres de assessores), no jatinho fretado pelo Governo. Estas irregularidades são apontadas na representação feita pelo deputado estadual Heitor Férrer (PDT) junto ao MP.

Agência Nordeste |

A Comissão é presidida pela procuradora-geral de Justiça, Socorro França, e composta pelo procurador-chefe da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública, Maurício Carneiro, além das promotoras de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, Elaine Maciel e Socorro Brito Guimarães.

Socorro França e os demais integrantes da Comissão Especial assinaram a Portaria nº 01/2008, que instala o Inquérito Civil Público (ICP) para esclarecer os fatos e circunstâncias relatadas na representação de Heitor Férrer, que acusa Cid Gomes de ato de improbidade administrativa, na viagem de 10 dias para cinco países europeus. O ICP é uma peça investigatória, um procedimento inicial que, de acordo com o que for apurado, pode levar ou não à instauração de uma Ação Civil Pública (ACP).


Leia mais sobre: Cid Gomes

    Leia tudo sobre: cd gomes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG