Ministério Público abre investigação para apurar causas do blecaute

O Ministério Público Federal (MPF) abriu nesta quarta-feira uma investigação para apurar as causas e os responsáveis pelo apagão ocorrido ontem à noite em 18 Estados do País. Integrantes do Grupo de Trabalho Energia e Combustíveis da Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminharam ofícios ao Ministério de Minas e Energia (MME), à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e à Diretoria Jurídica da Usina Itaipu Binacional pedindo explicações.

Agência Estado |

De acordo com nota divulgada pela PGR, esses órgãos terão de enviar em 72 horas toda a documentação produzida e recebida sobre o blecaute. O MPF também requisitou atas de reuniões, notas técnicas e laudos preliminares produzidos desde o início do apagão. A intenção é obter em 15 dias uma manifestação analítica sobre o fato, com a indicação de medidas para evitar que eventos desse tipo se repitam. As informações coletadas também deverão servir de base para o trabalho de procuradores da República que atuam em todos os Estados.

    Leia tudo sobre: apagão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG