Ministério inclui adultos na vacinação contra gripe A

Adultos saudáveis com idade entre 30 e 39 anos também poderão ser vacinados contra Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína. O grupo estava de fora da estratégia de imunização contra a doença, divulgada pelo Ministério da Saúde em janeiro, mas, diante do aumento da oferta da vacina no mundo, o governo decidiu ampliar a política.

Agência Estado |

Ao todo, serão vacinadas 90 milhões de pessoas.

Com a mudança, serão vacinados a partir de março e em datas distintas trabalhadores de saúde e população indígena (8 a 19 de março), gestantes, crianças de seis meses a dois anos incompletos e doentes crônicos (22 de março a 2 de abril), idosos com doenças crônicas (24 de março a 7 de abril), pessoas com idade entre 20 e 29 anos (5 a 23 de abril) e, por fim, adultos entre 30 e 39 anos (10 de maio a 21 de maio).

"Contando com mais 20 milhões de idosos que serão imunizados contra gripe sazonal, esta será a maior campanha de vacinação do mundo: 110 milhões de pessoas", afirmou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Para atender a nova estratégia, o ministério vai adquirir mais 30 milhões de vacinas. Uma medida Provisória (MP) para liberação de R$ 300 milhões para a compra adicional deverá ser editada nos próximos dias.

Como antecipou o jornal O Estado de S. Paulo, o medicamento Tamiflu, usado no tratamento da influenza, voltará a ser vendido nas farmácias. O ministro da Saúde afirmou que a venda será feita com a retenção da receita médica - para evitar o uso indiscriminado do medicamento. Além das farmácias, o remédio será distribuído gratuitamente na rede própria do Farmácia Popular. A venda também será subsidiada nas farmácias que integram o Programa Aqui Tem Farmácia Popular. De acordo com ministro, serão liberados também R$ 250 milhões para equipar Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de hospitais com máquinas para auxílio de respiração.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG