Ministério do Trabalho abre sindicância sobre denúncias

Investigação interna consta da edição desta terça do 'Diário Oficial'; crise foi revelada pelo iG no mês passado

iG São Paulo |

O Ministério do Trabalho abriu uma sindicância interna para averiguar as denúncias de corrupção que atingem a pasta, comandada pelo ministro Carlos Lupi (PDT) . A instalação da investigação consta da edição desta terça-feira do Diário Oficial . Segundo o despacho, Lupi designou para compor o órgão os auditores fiscais do Trabalho, Fernando Antônio de Araújo Lima Júnior, Márcio Vinícius Dias Freitas, além do agente administrativo Luiz Antônio Penha.

AE
Crise que cerca o ministro foi discutida ontem pela coordenação política do governo

A crise que atinge o Ministério do Trabalho foi revelada pelo iG no último dia 26 , com a notícia de que uma testemunha ouvida no inquérito sobre a crise no Ministério do Esporte envolveu ONGs ligadas à pasta de Carlos Lupi num esquema de desvios de recursos públicos. O iG mostrou ainda que uma ONG que recebeu recursos suspeitos do ministério é comandada pelo PDT e que a esposa de um coordenador de contratos da pasta trabalha na mesma entidade .

A nova crise foi avaliada ontem pelo governo, em reunião da coordenação política. Dilma voltou a demonstrar irritação com Lupi , que agora tenta ganhar sobrevida no cargo por meio do apoio que ainda detém dentro de seu próprio partido.

A comissão de sindicância que investiga o caso terá um prazo de 30 dias para concluir os trabalhos. O despacho sobre a investigação também contempla o afastamento determinado do servidor Anderson Alexandre dos Santos, apontado como um dos personagens do esquema. Santos foi afastado do cargo no fim de semana, após reportagem da revista Veja sobre a crise no Trabalho

A abertura da sindicância ocorre um dia após a Comissão de Ética Pública da Presidência da República ter determinado a abertura de um procedimento preliminar pedindo informações ao ministro Carlos Lupi sobre o caso.

*Com informações da Reuters

    Leia tudo sobre: BRAZILMACROTRABALHODO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG