Ministério do RS acusa soldado por morte de sem-terra

O Ministério Público do Rio Grande do Sul ofereceu denúncia à Justiça contra o soldado Alexandre Curto dos Santos, de 38 anos, da Brigada Militar, pela morte do sem-terra Elton Brum da Silva, de 44 anos. Depois de acompanhar e analisar o inquérito policial, a promotora Ivana Bataglin, de São Gabriel, entendeu que o policial cometeu homicídio qualificado, com intenção de matar e sem dar chance de defesa à vítima, durante operação de desocupação da Fazenda Southall no dia 21 de agosto deste ano.

Agência Estado |

A Brigada Militar também investigou o caso num inquérito interno que indiciou o soldado por homicídio simples, com dolo eventual por concluir que houve uma troca involuntária de armas entre agentes que usavam munição letal e não letal.

Ao efetuar o disparo pelas costas, o policial estaria convicto de que sua munição não era letal. Um Conselho de Disciplina vai apurar administrativamente a conduta.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG