Ministério diz que casos em SP não são gripe suína

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde informou hoje, por meio de nota, que o quadro das duas pessoas procedentes do México, que estão internadas no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, não se encaixa na definição de caso suspeito de influenza suína.

Agência Estado |

Segundo o ministério, os pacientes não apresentam sinais e sintomas compatíveis com a doença, como febre acima de 39 graus centígrados acompanhada de tosse e dores de cabeça, musculares e nas articulações.

"Até o momento, não há evidências da circulação do vírus da influenza suína em humanos no Brasil", diz a nota.

O comunicado informa ainda que "com relação à sanidade animal, no Brasil, não há suspeita ou registro de gripe suína causada pelo mesmo agente identificado nas áreas afetadas. Além disso, o consumo de produtos de origem suína não representa risco à saúde das pessoas".

A partir de hoje, os aeroportos em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador (BA), Manaus (AM) e Fortaleza (CE) passaram a transmitir avisos sonoros sobre o sintomas da doença e com orientações aos viajantes.

Leia também:


Leia mais sobre:
gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG