BRASÍLIA - A partir desta terça-feira, 550 policiais de 11 estados serão treinados e passarão a integrar o Batalhão de Pronto Emprego (Bepe) da Força Nacional de Segurança.

Acordo Ortográfico

A cerimônia de lançamento da tropa especializada será realizada amanhã, às 16h30, no 10º Batalhão da Polícia Militar de Goiás, em Luziânia, e contará com as presenças do ministro da Justiça, Tarso Genro, do secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, do governador Alcides Rodrigues e do secretário de segurança do estado, Ernesto Roller.

Para a implantação do Bepe serão aplicados R$ 27 milhões do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). O objetivo é que os profissionais recrutados recebam durante um ano, em Luziânia, treinamento e capacitação com padrões internacionais, o que lhes deixaria aptos a intervir em situações de grave crise nos estados.

Após o período de formação, cada policial retornará ao estado de origem com todo os equipamentos utilizados, como viaturas, armas letais e não-letais, coletes e capacetes balísticos.

Leia mais sobre: Força Nacional

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.