rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Brasil. O paciente é de São Paulo e teve contato próximo com uma pessoa que chegou dos EUA e foi infectada pelo vírus." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Brasil. O paciente é de São Paulo e teve contato próximo com uma pessoa que chegou dos EUA e foi infectada pelo vírus." /

Ministério confirma 16º caso de gripe suína no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou na noite desta sexta-feira o 16º caso de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) no Brasil. O paciente é de São Paulo e teve contato próximo com uma pessoa que chegou dos EUA e foi infectada pelo vírus.

Redação com Agência Estado |

Segundo a Secretaria de Saúde de São Paulo, este 16º caso é um menino de 13 anos que contraiu a doença da irmã, que havia viajado aos EUA. Ele está em isolamento hospitalar desde o dia 27, quando procurou ajuda médica.

Ainda nesta noite havia sido confirmado o 15º caso da doença, dessa vez no Rio de Janeiro. Este paciente está internado e passa bem. Ele também contraiu a doença após manter contato com uma pessoa que esteve nos Estados Unidos.

Apesar deste caso de São Paulo ser o quarto contágio ocorrido dentro do País, o Ministério da Saúde considera a transmissão da doença sem sustentabilidade e limitada, pois estas transmissões têm relação com os países onde a presença do vírus é mais forte: México e EUA. Dos 16 casos da gripe no Brasil, oito pacientes já receberam alta.

O Estado de São Paulo acumula o maior número de casos confirmados: 7. Em seguida, aparecem o Rio de Janeiro e Santa Catarina, com 5 e 2, respectivamente. Os demais são de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul. O Ministério da Saúde ainda acompanha 18 suspeitas da influenza em 10 Estados. As amostras com secreções respiratórias desses pacientes estão em análise laboratorial.

Outros 20 casos estão em monitoramento, em nove Estados, e, até o momento, 333 casos suspeitos foram descartados.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, apenas México, EUA e  Canadá são considerados países com "transmissão sustentada". A letalidade do vírus no mundo é de 0,68%. Até o momento, 54 países têm casos confirmados e divulgados da doença.


Leia também:



Entenda a "gripe suína"



Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG