Minc revela avanço de desmatamento em 14 municípios

BRASÍLIA - Levantamento com 36 municípios divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Meio Ambiente mostra que 14 aumentaram a área desmatada e 22, reduziram, no período entre os anos de 2007 e 2008. Alguns municípios vão sair desta lista e outros, que estão desmatando, vão entrar, disse o ministro Carlos Minc.

Redação com agências |

Ao se reunir com os prefeitos dos 36 municípios que compõem a lista do desmatamento, área que hoje corresponde a 42% da área desmatada no País, Minc ouviu queixas, principalmente relacionadas à falta de recursos.

Pelo levantamento do Ministério, o município com maior índice de aumento de desmatamento foi Nova Ubiratã, em Mato Grosso, seguido de Ulianópolis, no Pará, e São Félix do Araguaia (MT). "Não me acho culpado por esse desmatamento", disse Osmar Rossetto, do PT, prefeito de Nova Ubiratan. Ele afirma que houve redução da área desmatada em outros anos.

Agência Brasil
Carlos Minc reuniu-se com prefeitos dos municípios que mais desmatam
O ministro afirmou que novos municípios devem entrar na lista dos que mais desmatam. Os que reduziram muito vão sair da lista. E nas próximas semanas vamos ver os critérios para isso. Agora, outros municípios vão entrar como alguns do Maranhão, estado onde não havia município e agora passou a ser o terceiro da lista, disse o ministro.

O ministro entregou aos representantes das prefeituras de 17 dos 36 municípios apontados como os que mais desmatam na Amazônia imagens de satélite das áreas degradadas. Também foi elaborada uma lista com os índices de desmatamento desses locais.

O ministro também falou que vai aumentar a fiscalização na região. Entre as ações previstas estão o aumento do número de agentes da Polícia Federal que atuam em ações ambientais e a criação de delegacias do meio ambiente na Amazônia.

(com informações da Agência Estado e Agência Brasil)

Leia também:

Leia mais sobre: desmatamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG