Minc promete punir quem cometer crime ambiental

Tremei, poluidores, tremei, alertou hoje o ministro indicado do Meio Ambiente, Carlos Minc, ao afirmar que punirá, exemplarmente, quem cometer crime ambiental, até mesmo com a obrigatoriedade de plantar árvores. A afirmação foi feita ao se dirigir ao Palácio do Planalto para acertar a posse com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado |

Minc anunciou que usará toda a comunicação possível na preservação do meio ambiente. "Vou ser performático na defesa do meio ambiente. Não vou virar vidraça e nem me enforcar na gravata", prometeu.

Sobre a rejeição a trabalhar e morar em Brasília, afirmou: "Brasília, às vezes, é chata e é preciso animá-la um pouco." Ele atrapalhou-se ao chegar ao Planalto para a audiência com Lula. "Me ajuda aqui e me diz para onde vou", pediu a um dos jornalistas que o acompanhavam. Antes da audiência com o presidente, Minc esteve com os antecessores. Almoçou com a ex-ministra Marina Silva e, depois, visitou o deputado Sarney Filho (PV-MA) no apartamento dele. Sarney Filho ocupou o Ministério do Meio Ambiente (MMA) no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG