Minas Gerais confirma 24ª morte por causa das chuvas

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil confirmou hoje a 24ª morte em decorrência das chuvas que atingem Minas Gerais desde setembro último. O corpo de Leonardo de Souza Ângelo, de 31 anos, foi reconhecido pela arcada dentária por familiares no Instituto Médico Legal (IML).

Agência Estado |

Ângelo é a quinta vítima do temporal que atingiu a região metropolitana de Belo Horizonte na noite de 31 de dezembro.

Ele foi arrastado pela correnteza do Rio Arrudas, que transbordou causando destruição e mortes, principalmente na região oeste da capital. O corpo da vítima foi encontrado no sábado, em Sabará, no leito do rio das Velhas, onde desemboca o Arrudas.

Nos últimos dias, as cidades mais afetadas pelas enchentes foram Manhuaçu e Carangola, ambas na região da Zona da Mata. Em Carangola, o rio que corta a cidade subiu mais de cinco metros acima do nível normal. Cerca de 120 pessoas ficaram desabrigadas.

Em Manhuaçu, de acordo com o Corpo de Bombeiros, aproximadamente 100 pessoas ficaram desabrigadas e cerca de oito mil desalojadas devido à cheia do Rio Manhuaçu, que subiu pelo menos sete metros acima de seu nível normal. Os bombeiros precisaram resgatar 60 pessoas na cidade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG